A sorte está lançada | Let the show begin

Por Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias |

HOBRA – Residência Artística Holanda Brasil, criada a partir da parceria entre o Dutch Fund for Performing Arts, DutchCulture e o TEMPO_FESTIVAL, faz parte da programação cultural do calendário olímpico, aqui no Rio de Janeiro. A HOBRA é um processo de criação dinâmica, com ações colaborativas, que proporcionará encontros e vivências em diversas áreas: Arquitetura + Artes Visuais + Cinema + Dança  + Design  + Literatura + Música + Novas Mídias + Teatro.

Este projeto envolve instituições, curadores, artistas,  entre tantos profissionais, e traz como meta estreitar ainda mais nossos laços, subvertendo nossas delimitações geográficas e culturais. A partir desta premissa inicial, através de rascunhos, apontamentos e decisões, entre tantas escolhas, partimos para a construção deste projeto cultural transformador, onde o resultado se estabelecerá pela convivência, ponto fundamental para o “estado da criação”.

As paisagens e os afetos nos cativaram, os mares e as marés nos rodearam, “mais amor, por favor”, foi necessário lembrar. Tantos motivos foram levantados, tantas inspirações que fazem e transformam o humano, foram expostas. Nossas aspirações convergiram para a construção de horizontes, origem para um algo necessário, em meio às celebrações e questionamentos.  A visão e seu compartilhamento é a bússola desgovernada para esta cena disposta.

Muito a trocar, a fazer, a discutir. Exercícios que colocarão à prova, e muito provavelmente, por terra todas as ideias pré-concebidas, mas necessárias pra se inserir no “gesto” que a palavra “residência” traz e que é acessada, a partir e  através, do encontro de dois países e seus artistas, onze curadores e tantas organizações, equipe, técnicos, na certeza de que o trabalho se permeará através do diálogo e das relações notáveis!

HOBRA agradece, profundamente, a Anja Krans, Henriëtte Post e Jorn Konijn, imprescindíveis  para sua realização. Agradecemos, também, a todos festivais e instituições participantes e a  parceria das Secretarias Municipal e Estadual de Cultura do Rio de Janeiro.

. . .

Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias |

HOBRA – Artistic Residencie Netherlands Brazil, created from the partnership between the Dutch Fund for Performing Arts, DutchCulture and TEMPO_FESTIVAL, is part of the cultural program of the Olympic calendar,  of Rio de Janeiro 2016. HOBRA is a process of dynamic creation, with collaborative actions, which will provide meetings and experiences in various areas: Architecture + Contemporary Arts + Film + Dance + Design + Literature + Music + New Media + Theater. 

The project involves institutions, curators, artists, among other professionals, and has as a goal to make the Dutch-Brazilian ties even closer, subverting our geographical and cultural boundaries. Coming from this initial premise, through drafts, notes and decisions, among so many choices, we set off for the construction of this groundbreaking cultural project, where the result will be established through the conviviality, which is a fundamental point for the “state of creation”. 

The landscape and emotional attachments have captivated us, the seas and the tides have surrounded us, “More Love, Please” (through street posters spread over the city’s walls) – that was necessary to be reminded. So many reasons were raised, so many inspirations that make up and transform the human being have been exposed. Our aspirations converged onto the construction of horizons, origin for a “something needed”, in the middle of the celebrations and questionings. This vision and its sharing is the adrift compass for this willful scene.

So much to exchange, to do, to discuss. Exercises that will put to proof, and more probably, put to the ground, all the pre-conceived ideas, but necessary ones, to insert itself in the “gesture” that the word “residency” brings about and is accessed, from and through the meeting of two countries and their artists, eleven curators and so many organizations, teams, technicians, in the certainty that the work will be permeated through the dialogue and the remarkable relations!

HOBRA deeply thanks Anja Krans, Henriëtte Post and Jorn Konijn, who were essential for this accomplishment. We also thank all the partaking festivals and institutions, and the partnership of the Municipal and State Culture Departments of Rio de Janeiro.


Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias são criadores do TEMPO_FESTIVAL e curadores da área de Teatro da HOBRA | Bia Junqueira, Cesar Augusto e Márcia Dias are the creators of TEMPO_FESTIVAL, also  curators in the area of Theater for HOBRA

foto | photo: Ricardo Gomes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s