Navegar é preciso. Conectar também | Sailing is necessary. To connect as well

“O processo é tão ou até mais importante do que o resultado em si.” Assim o cônsul geral da Holanda Arjen Uijterlinde resumiu, em um discurso proferido no sábado (17 de julho), o espírito de integração, troca e parceria que rege a HOBRA – Residência Artística Holanda Brasil. As palavras marcaram o lançamento formal do projeto, realizado em um coquetel no Reduto – o centro cultural em Botafogo, convertido em QG da HOBRA. Atentos às palavras do cônsul estavam os vinte artistas brasileiros e holandeses, os curadores, o provocador Fred Coelho e a convidada especial Clara Cavour. “Quero expressar o meu orgulho de fazer parte desta parceria cultural com o Brasil. Espero que a HOBRA seja um estímulo para darmos continuidade a nossa troca com o Rio”, ressaltou Uijterlinde.

HOBRA - Lançamento oficial (01).jpg

Os idealizadores da HOBRA, Jorn Konijn, do DutchCulture, e Cesar Augusto, do TEMPO_FESTIVAL, abriram o evento de forma descontraída, fazendo uma brincadeira com as línguas de cada país. Eles leram o mesmo texto de boas-vindas e apresentação dos artistas da HOBRA alternadamente em português e holandês.

Originalmente, o encontro contaria com a presença do ministro das Relações Exteriores da Holanda, Bert Koenders, mas os recentes distúrbios políticos na Turquia fizeram com o ministro retornasse ao país antes da data prevista. “É uma pena que ele tenha tido que voltar antes. Este é um projeto que eu gostaria de compartilhar com ele pessoalmente”, lamentou o cônsul.

HOBRA - Lançamento oficial (08).jpg

Secretário municipal de Cultura do Rio de Janeiro, Júnior Perim (no centro da foto acima, com a curadora Bia Junqueira, o cônsul, Cesar e Konijn) ressaltou a importância da existência de projetos como a HOBRA. “O projeto gera interação entre o Brasil e a Holanda trazendo diferentes compreensões do mundo em um único espaço-tempo. Acho que este será o melhor experimento simbólico que vamos vivenciar no período das Olimpíadas”, disse.

No lançamento, pela primeira vez, os participantes viram montado o banner que reproduz, em tecido real, a logomarca da HOBRA (foto no alto). A bandeira foi instalada na parede externa do Reduto e lá ficará até o fim da residência, no dia 31 de julho, quando os trabalhos resultantes da interação entre os artistas serão exibidos em um grande evento em Santa Teresa.

. . .

[to be translated]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s